domingo, fevereiro 19, 2012

PELO ESPAÇO BAÇO


o viajante decrépito assume-se como um possivel projecto literário. ainda assim, convém alertar, onde este viajante chegar, todos os cais lhe irão fugir. 

DAS CAPACIDADES ARCAICAS

idanha-a-nova. 2012


atravesso a manhã como uma seta em chamas. sou o alquimista de mim mesmo e detenho a capacidade atemporal de me esventrar em veludos luminosos. 

A MORTE DO CARNAVAL



com a anulação do feriado de terça-feira de carnaval pelo governo o calendário cerimonial anual ficou mais fragilizado. será que não se apercebem que estão a contribuir amplamente para a descaracterização de um país? 

sexta-feira, fevereiro 10, 2012

"os alemães (nazis) seleccionavam os presos mais corpulentos, assassinavam-os e coziam-os para fabricar sabão com as suas gorduras"

in El Libro Negro, Vasili Grossman e Ilyá Ehrenburg.

domingo, fevereiro 05, 2012

SOBERBO

(javier perez)


absolutamente soberbo...

LEGOMANIA

(nathan sawaya)

*

SEMPRE NA OBSCURA PROCURA ETNOGRÁFICA...

fernão joanes, 2011.


olhares desmedidos e procurados. depois de vidas enlutadas. a história de um milhar de vidas enlutadas secalhar não chega... ao contrário do super-conforto  dos corpos encostados às cadeiras e às secretárias. andamos na senda das sociabilidades pastoris. talvez as últimas...

HOJE E O MEU AMOR...


levantei-me cedo com o meu amor e disse-lhe que todas as coisas são puras...

DAS JORNADAS...PENSAMENTOS OCIOSOS


de regresso com novidades refrescantes referentes ao acontecimento projectado. apenas umas pequenas notas em jeito de rescaldo. fica a extrema e dedicada magnância dos palestrantes e das temáticas tratadas. um autêntico exercicio do "bem-fazer" metodologico destas temáticas gastronomicas e afins. por outro lado, fica também como motivo de redobrado destaque e de preserverança e dedicação a atenciosa organização do municipio de idanha-a-nova (CCR) e em especial a do grande antropologo Dr. Vasco Valadares, parabéns a ambos. foi deveras exemplar em todos os dominios e "afazeres". agora vamos aos lobos, como já poetizava jim morrison, não existem poemas sem lobos, entre frases fica uma dolorosa beliscadela na alma desta casa (CCR), pois ficou completamente esquecido o árduo trabalho dos seus técnicos e do seu quotidiano de trabalho em torno desta mesma temática  (Doces de festa do concelho de Idanha-a-nova), também ficou esquecido o solene aniversário dos 15 anos de existência do CENTRO CULTURAL RAIANO...repense-se e (re)visite-se as cartografias da genese...pois os lugares também falam...