quinta-feira, janeiro 30, 2014

terça-feira, janeiro 28, 2014

ESCREVER COM A VERDADEIRA ESSÊNCIA DA VIDA...

(tinyvices)
 
Henri Thoreau inicia o celebre "Walden ou vida nos bosques" com as palavras mais deslumbrantes e sinceras que se poderão ler num simples livro.
 
Quando escrevi as páginas que se seguem, ou melhor, a maioria delas, vivia sozinho, a mais de quilometro e meio de qualquer vizinhança, numa casa que eu mesmo construíra à margem do lago Walden, em Concord, no Massachusetts, e ganhava a vida apenas com o trabalho das minhas mãos.

quinta-feira, janeiro 23, 2014

O ADORMECER DAS MÃOS...

(mr.finch)
 
um artesão nunca poderá ser um operário de produção em série...

segunda-feira, janeiro 20, 2014

DO FANTASMAL...

 assim a seco e com a força voraz de máquinas, entrou-me esta frase que li de P. Valery  - o que seria de nós sem o auxilio do que não existe? depois pus-me a pensar no lugar do fantasmal  e suas representações nas nossas sociedades contemporâneas.
 

sábado, janeiro 18, 2014

METAMORFOSE...




e a ávida coletânea nocturna  continua com a sua vida particular...

quinta-feira, janeiro 16, 2014

IDANHA SECRETA & REMOTA

bem sei que existe toda uma discussão acesa e aberta (entre históriadores, cripto-historiadores, arqueologos e afins) em torno da origem (cristãos novos....símbolos profiláticos, propiciatórios, etc) destes símbolos mágico-religiosos (cruciformes...) à entrada das casas. não querendo promover de uma forma directa essa discussão, trago-vos apenas essa dimensão quase misteriosa dos remotos diálogos entre o humano e o divino, entre os quotidianos e a vida do espírito, entre o símbolo escrito e a voz/oralidade.  tudo ficou gravado nestas pedras. para mim, a antiga paisagem urbana de Idanha-a-Nova continua a ser um remoto alfabeto com muito por se decifrar...

quarta-feira, janeiro 15, 2014

MEMORIAL...


Fernando Lopes Graça
Requiem op. 210 - pelas vitimas do fascismo em Portugal

terça-feira, janeiro 14, 2014

ESPESSA LUZ

 junções da escuridão perto da casa do eremita...

segunda-feira, janeiro 13, 2014

domingo, janeiro 12, 2014

ILUMINANDO AS MARGENS...

é bem possível que o encantamento de qualquer "ilusionista em viagem" seja mais cativante do que os ensinamentos dedicados de qualquer sábio das proximidades.

sábado, janeiro 11, 2014

DAS (DOCES) COISAS VELHAS...


encontrei esta velha forma de bolos em inox abandonada em cima de um muro. como perdeu a sua funcionalidade passou à categoria das "coisas velhas". disse para mim, quanta doçura aqui abandonada...

quinta-feira, janeiro 09, 2014

AINDA...DA COLECTÂNEA NOCTURNA




é um livro-objecto que se incendeia...trazendo alfabetos de mundos muito íntimos. é quase loucura santificada. 

quarta-feira, janeiro 08, 2014

INSTANTÂNEOS


dessa primitiva imagem-instante. dessa imagem-fixa que está na origem da pré-história do cinema...

CELEBRAR A POESIA...


fiquei deveras contente com o merecido prémio atribuído ao Pedro Salvado (parabéns). por inúmeras razões, principalmente pelo "ar fresco" que a região pode receber da poesia e vice-versa...talvez na sua forma suprema de a celebrar...

terça-feira, janeiro 07, 2014

segunda-feira, janeiro 06, 2014

ON THE ROAD

Idanha-a-nova.2014

esse sabor intenso a nada e a terra molhada...

domingo, janeiro 05, 2014

ODE A EUSÉBIO...


*bem-hajas Eusébio pelas alegrias que deste a este país e em particular à grande nação benfiquista...

sexta-feira, janeiro 03, 2014

quinta-feira, janeiro 02, 2014

AGUAS DAS CHUVAS

pelos estreitos caminhos-dos-nadas a sentir as intensidades liquidas da água da chuva na pele.