domingo, fevereiro 09, 2014

AOS SENTIDOS...

idanha-a-nova, 2014.

há qualquer coisa de remoto nestes lugares solitários onde o nevoeiro paira. quase um apelo aos sentidos mais apurados....mas sem discursos, sem linguagem. é apenas uma força para os sentidos que recorrentemente persigo para alcançar alguma correspondência com essa poesia...essa poesia...

2 comentários:

casilda garcía archilla disse...

Creo que lo logras: esa poessia está ahí, en tus fotos, textos. Gracias, Eddy

Eddy Nelson disse...

muchas gracias Casilda...

saludos