segunda-feira, agosto 23, 2010

BOOM FESTIVAL IDANHA 2010


decorre em idanha o emblemático boom festival 2010.


breves apontamentos de rua:

  • a vila está vazia, quem diria que a cerca de 8 km estão uns bons "centos de gente", desabafa um comerciante;
  • uma mulher fala do boom e intitula os seus participantes de "talibans";
  • outra diz que andam nus e ri-se;
  • um homem discute os limites e os dominios da propriedade privada;
  • outro discute os "super-planos de segurança";
  • dois pequenos comerciantes demonstram desagrado: "o festival e as suas mais valias é só para alguns" ;
  • um bancário regozija-se de ter obtido uma entrada de "borla";
  • um rapaz trabalhador da vila queixa-se do preço dos bilhetes;
  • uma mulher diz que ouve "aquele batuque" a noite toda até de manhã;
  • dois homens discutem sobre os membros do "anti-boom";
  • um grupo de cinco "boomers" descalços come melancia nas proximidades do hipermercado e duas mulheres observam-nos e gesticulam;
  • um homem enquanto bebe o café diz que o festival deveria acontecer nas proximidades da vila, para que esta lucre com o evento;
  • uma mulher diz que gosta de os ver passar nos carros "pintados";

é importante percebermos e ouvirmos atentamente o que a comunidade (da idanha) diz do "outro" e da sua celebração nas suas paisagens, tal como, o que o "outro" (boomers) diz da comunidade idanhense.

2 comentários:

Anónimo disse...

Quem diria que ao fim de tantos anos, iria encontrar-te neste universo virtual.
Fico feliz, por encontrares onde podes escrever as tuas palavras...os teus pensamentos...as tuas observações.
Realiza-te um dos teus objectivos...
Parabens, continua a transcrever o que te vai na alma....
Eu,continuarei a ler...

Eddy Nelson disse...

"gracias" amigo (a)...