sexta-feira, dezembro 17, 2010

HENRY THOREAU, O MEU MESTRE

(silent giants)

"fui para os bosques porque pretendia viver deliberadamente, defrontar-me apenas com os factos essenciais da vida, e ver se podia aprender o que ela tinha a ensinar-me, em vez de descobrir à hora da morte que não tinha vivido. não desejava viver o que não era vida, sendo a vida tão maravilhosa, nem desejava praticar a resignação, a menos que fosse de todo necessária. queria viver em profundidade e *sugar toda a medula da vida, viver tão vigorosa e espartanamente a ponto de pôr em debandada tudo que não fosse vida, deixando o espaço limpo e raso"


*este é o meu lema...

4 comentários:

denise disse...

bonito!
aliás, tenho um blog chamado "lendo walden".
se lhe interessar, o endereço é http://lendowalden.blogspot.com

Eddy Nelson disse...

obrigado pela visita denise.
irei, concerteza, visitar o seu, pois sou um "lunático-fanático" dos escritos vivenciais do Thoreau.

abraço

JOSÉ RIBEIRO MARTO disse...

Grande Mestre , O seu, Eddy ... Grande mestre e sábio e profundo apontamento.

Ah , e lema!

abraço
JRMarto

Eddy Nelson disse...

amigo jose, bem hajas pela visita.

um abraço de boas festas.