quinta-feira, janeiro 21, 2010


entreguei a minha tese de mestrado no mês de dezembro. finalmente depois de cerca de três anos e meio de árduo trabalho, eis que se cumprem todas as expectativas colocadas. foi um trabalho interessante a todos os niveis. começei pela temática dos caminhos (rurais) e fui parar a uma colecção de objectos de pastor. dessa inicial emoção pelos caminhos ficou algo que penso que vou retomar em breve. pois fascinam-me um rol de problemáticas em torno dos caminhos: a questão dos caminhos sagrados (peregrinados), profanos, culturais, ideológicos, rurais, patrimoniais, etc, etc. "o caminho faz-se caminhando"; "todos os caminhos têm coração". sobre a minha tese, depois da respectiva defesa darei noticias mais concretas.

6 comentários:

JOSÉ RIBEIRO MARTO disse...

Eddy , meu caro Mestre, o seu trabalho deve ser muito interessante...
Um dia poderei lê-lo ?
È em LIsboa que o discute ?
Se for e ficar por cá e depois da discussão gostaria de beber um copo consigo para comemorar O acontecimento . Não se esqueça ...
Um abraço
__________ JRMARTo

Eddy Nelson disse...

amigo josé, fica combinado, avisarei com a devida antecedência. em breve, enviar-lhe-ei o livro dos pastores. (peço desculpa pelo esquecimento, pois são tantos os afazeres diários e nocturnos que....escapam-nos "coisas" essênciais..)

um grande abraço e mais uma vez um profundo agradecimento pela sua atenta e dedicada "viagem" por este blogue.

Francisco Pinheiro disse...

Eddy, desde já também os meus parabéns. Tentei adquirir(depois de o ouvir no debate da festa de verão no Rosmaninhal) o livro no CCR, mas disseram-me que não estava disponível. Há outra forma de o encontrar?
Obrigado.
pinheiro50@sapo.pt

Eddy Nelson disse...

caro amigo e conterrãneo francisco, antes de mais muito obrigado pela felicitação. quanto ao livro, eu durante a semana vou falar com o responsável do CCR e envio-lhe posteriormente as indicações para que o livro lhe vá ter à sua casa.

um abraço amigo

Francisco Pinheiro disse...

Obrigado pela gentileza.Pode usar o meu endereço do comentário anterior, se quiser. Fico a dever um copo (na terra, claro!).
Lamento a sua perda recente.
Um abraço.

Eddy Nelson disse...

francisco, fica combinado. obrigado pela atenção.

um abraço