sexta-feira, fevereiro 29, 2008

LAVRAR A TERRA...

Ti Joaquim, Rosmaninhal, 2007.


Esta é uma imagem singular nos dias de hoje, pois com o processo de mecanização dos campos os tractores foram remetendo estes animais, estas ancestrais alfaias agricolas e suas funcionalidades para o esquecimento. Para além da importância do registo destas práticas que já se encontram mais próximas de se tornarem meras reminiscências, sublinho, exalto, aclamo, elogio principalmente a experiência sensorial que uma lavra elaborada a sangue emana, desde o fresco e estranho aroma da terra a ser dilacerada, às diversas sonoridades que acompanham e comportam este acto de lavrar a terra com um animal e com uma alfaia tradicional. Algo de muito para além das meras e infrutíferas explicações eruditas se apreende numa experiência vivida desta natureza.

6 comentários:

Jofre Alves disse...

Andei um pouco fugido, até pela decisão de encerrar alguns dos meus anteriores blogues. Abri um novo espaço, mais modesto. Mas sempre apreciei e estimei esta página pela sua qualidade e bom gosto. De facto, uma imagem singular hoje em dia, um mundo rural que persiste e resiste nas agonias da globalização.

Profanus disse...

eu sei , eu vi ... as ordens dadas ao animal , o afinco na terra para que o rego ficasse direito, e a terra se fosse dobrando, andando e dobrando , e para trás ficavam Alvéolas esvoaçando procurando o bicho gordo branco , com cabeça negra, outro tipo de bicho conta , usado muitas vezes para a ratoeira da tordoveia , e do tordo . mas estou a falar do Outono - Aqui fico com os olhos na terra vermelha , com os meus olhos de assombro...
um abraço
JRibeiro Marto

Chanesco disse...

Meu caro Eddy

Só um poeta andarilho como o meu amigo consegue ainda desencantar imagens que o progresso, há muito, remeteu para o baú das recordações.

Um abraço

al cardoso disse...

Ainda se usa este metodo de lavrar no Rosmaninhal?!

Isso sim e agricultura biologica.

Um abraco dalgodrense.

Eddy Nelson disse...

Caros amigos, perdoem-me o atraso da sempre merecida resposta, antes de mais, bem hajam pelas atentas observações que esta bucólica imagem vos transmitiu. É, de facto, uma ilustração de um labor de dificil registo nos tempos que correm...

Anónimo disse...

Ola, what's up amigos? :)
In first steps it's really good if someone supports you, so hope to meet friendly and helpful people here. Let me know if I can help you.
Thanks in advance and good luck! :)